Absinto…

Molha lentamente a pedra doce;
arde em fogo a paixão em caramelo;
funde o gelo a amarga dose,
perfumando o ambiente em que sinto.
Giro solto e danço e canto.
Danço a valsa com a “fada verde”
Absinto…

(Sílvio Carneiro)

Anúncios

10 comentários sobre “Absinto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s