Amizades…

Sou uma pessoa que conhece centenas de pessoas. Aonde eu chego, me relaciono bem. Mas os AMIGOS de verdade podem ser contados nos dedos de uma só mão ( e é bem possível que ainda sobre espaço)…
Raul Seixas já dizia: “Cada um de nós é um universo…”. E sendo um universo, ao longo de nossas vidas, muitas pessoas vão passando por nossas vidas e deixando suas marcas. Muitas dessas marcas são passageiras (a maioria delas) e se perdem no tempo e no espaço. Outras permanecem por mais tempo e nos trazem dados importantes para o nosso aprendizado de sobrevivência nessa atual existência. Pouquíssimas, raras vezes, no entanto, algumas marcas duram para sempre. São as amizades de verdade.
Não costumo confundir as coisas. Pra mim, há os “BOMDIA”, que são aqueles conhecidos da vizinhança, da padaria ou do mercado do bairro, que apenas passam por nós e nos cumprimentam com aquele “bom dia” socialmente obrigatório, forçado. estes, pra mim, não fedem nem cheiram, desde que não invadam meu espaço e permaneçam longe. Há também os “OLÁCOMOVAI”, que são aqueles colegas de trabalho, os quais você tem que conviver diariamente e que tem que cumprimentá-los (também obrigatoriamente) para manter um bom “clima organizacional” no seu emprego (e acredite, você pode ser demitido quase não se enquadre nessas normas convencionais). Outro tipo são aqueles “FALEBROTHER” ou “FALAVÉIO”, que são aqueles um pouco mais chegados, sejam conhecidos do mesmo bairro, colegas de trabalho ou estudo, ou aquela figura que você conhece superficialmente, mas por simpatizar com ele, é um forte candidato a amigo. Por fim, há aquele ser sem nome, que você não precisa tratá-lo pelas convenções “BOMDIA”, “OLÁCOMOVAI”, “FALEBROTHER” ou “FALAVÉIO”. Esse ser sem nome está acima de todas as convenções, conhece todos os seus segredos, sabe ler nos teus olhos e no teu silêncio o que se passa na tua alma, no teu pensamento. Esse é o AMIGO de verdade!
Como comparativo, a AMIZADE verdadeira é como uma união espiritual, um “casamento sem sexo”. São dois espíritos que se unem a partir de uma familiaridade humanamente impossível de ser explicada. Portanto, cuidado! Pense muito bem antes de chamar alguém de “MEUAMIGO”…

Anúncios

Um comentário sobre “Amizades…

  1. Hoje este texto aguçou ainda mais a minha sede pelo gênero… já não sinto as coisas tanto assim, contudo, sinto saudades…rsrs.
    Pertinente as considerações quanto aos amigos e sob seu olhar aguçado, não poderia ter sido diferente.
    Hoje pela manhã ainda, percebi quem são os “amigos” de alguns… se quebrar um galho é amigo, caso contrário…
    Destaque para “forte candidato a amigo” e “amigo sem nome”, adorei. Coisas do “Mestre”. Beijo grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s