Talabéns! kkk

É isso aí… Consegui chegar aos 34 anos de idade. O mais importante disso tudo: consegui passar pelos 33 sem ser crucificado.

É engraçado que, olhando para anos anteriores, na minha infância, me lembro de como era boa esta data. Papai, mamãe e um bando de tias velhas me davam os parabéns cheios de beijos e abraços (muito) apertados, minha irmã soltava um “parabéns” à meia boca e, no fim, nunca tinha presentes, mas era legal. Tinha o que se comemorar. Sim, porque, quando você não tem 18 anos, você comemora todos os anos, porque vai ficando cada vez mais próxima aquela época em que você pode entrar de cabeças erguidas numa banca de revistas e, sem constrangimentos (e com muito orgulho) comprar suas revistas pornográficas. E você também pode beber tranquilamente com os amigos em um bar qualquer ou entrar num puteiro sem ser revistado – apesar de que, lá no nordeste, a gente já pode fazer isso bem antes dos 18…

O fato é que, com o passar do tempo, a coisa toda vai perdendo a graça e depois que você passa dos 18 anos percebe que A VIDA É FODA, MAS É A VIDA, e que os anos dourados não voltam mais. Daí pra frente, tudo o que vier é lucro e os aniversários passam a ser uma sucessão de preces para que você não morra de acidente, de bala, doença ou tédio.

Esses dias mesmo eu fui surpreendido com uma crise de hipertensão. Foi meu presente de aniversário esse ano. A vida precisava me mostrar o quanto eu estou ficando velho e não sou mais aquele garoto que sonhava chegar aos 18.

Mesmo assim, sou um apaixonado pela vida! E não quero perdê-la de vista um só minuto, pois ainda tenho muito por fazer: preciso reconquistar o grande amor da minha vida; preciso ver meus filhos crescer e me dar netos (!); preciso sair desse emprego e ganhar na Mega-Sena (acumulada, claro!); preciso ouvir as novas bandas de rock’n’roll que surgem a cada dia, só pra ter certeza que as antigas são sempre as melhores; preciso beber com os amigos e curtir ressacas homéricas no dia seguinte, só pra manter minha reputação de PIRATA; enfim, preciso viver intensamente cada segundo precioso dessa vida, para ganhar pontos no céu e no inferno (afinal de contas, nunca sabemos de onde viemos ou para onde vamos)!

Sem ter muito o que fazer ou o que falar nesse dia que, dizem, é meu, fui fuçar a Wikipédia pra ver o que rolou por aí ao longo da História no dia 15 de março:

Descobri que foi nesse dia, no ano 44 a.C., que o imperador romano Júlio César foi apunhalado até a morte por Marcus Junius Brutus, Decimus Junius Brutus e vários outros senadores romanos. Isso, de certa forma, me comove, porque eu sempre curti esse lance de motins e revoltas. Devo ter sido um desses Brutus aí…

Puxando mais pra perto, em 1972, O filme The Godfather (O Poderoso Chefão), de Francis Ford Coppola, baseado em um romance de Mario Puzo de mesmo nome e com adaptação para o cinema do próprio Puzzo e de Coppola estréia nos cinemas. Ele seria considerado um dos melhores filmes de todos os tempos. Lembro que, anos depois eu assistia a trilogia completa com meu pai, um fã desse gênero de filmes.

Em 1990, tomou posse na Presidência do Brasil o “mala” do Fernando Collor de Mello (presidente mauricinho), data em que implantou o conhecido plano com o seu nome com o intuito de combater a hiperinflação por que atravessava o país, gerando muita insatisfação com o bloqueio das cadernetas de poupança dos brasileiros. Isso sim, foi um “presente” de aniversário de grego. Fala sério!

Dos que nasceram nesse dia e têm a graça de serem piscianos como eu, temos, além de inúmeros ilustres desconhecidos, Gilberto Freyre (1900), Júlio Prestes (1882) e Oswaldo Montenegro (1956).

Dos que morreram, além de Júlio César, temos: Tim Maia (1998) e… bem, Tim Maia morreu, né gente?! Já é o bastante…

E pra finalizar, hoje, aqui no Brasil, é o Dia da Escola, Dia Mundial do Consumidor e o Dia Internacional Contra a Violência Policial.

Bom, então é isso. Brevemente eu voltarei com algo mais interessante pra falar. Afinal, esse texto foi só uma desculpa para fazer meus amigos e leitores lembrarem do meu aniversário e me encherem de presentes… kkkkkkkkkk (vai que cola?!)

 

Anúncios

5 comentários sobre “Talabéns! kkk

  1. Sempre esqueço ¬¬… Alguém nesse barca furada tem que manter a fama de má. rsrs. Nem preciso dizer parabéns, né?
    >
    >
    > ¬¬ Talabéns, assim mesmo. Salve Mestre das Ilusões, por um tempo, sobreviveremos delas.

  2. Meu amoooooorrrr, passei um dia sem ver o seu Blog e justo no dia do seu niver, não me perdoo…
    Parabéns! e que possamos comemorar essa data por mais trocentos anos… e bláh bláh bláh… Vc é especial!
    Aguarde o meu presente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s