Como perverter crianças

 

Quer “perverter” uma criança de verdade? Então dê bons livros para ela!

 

Responda sinceramente – para você mesmo, porque pra mim tanto faz, eu não me importo com a sua resposta: O que você quer para o futuro do seu filho?

 

Sua resposta pode ser a seguinte: quero que ele estude, se forme, tenha um emprego e constitua uma família, de preferência dando-me netinhos que perpetuem essa mesmice. Quero que ele estude em escolas de métodos formais; se forme num curso que lhe dê dinheiro (e que me dê um pouco de retorno financeiro por todos os anos que eu investi em sua educação); que tenha um emprego bom (mesmo que este sacrifique o seu prazer e satisfação); que case com uma mulher que vai deixar de amar daqui a alguns anos, mas que continuará vivendo com ele “até que a morte os separe”… Enfim, quero para o meu filho a mesma vidinha medíocre e hipócrita que eu levo hoje em dia, sem muitos sonhos que não seja o da casa própria, do carro e de um plano de saúde que me assista na velhice.

 

Mas sua resposta pode ser outra: quero que meu filho estude sim, mas que seu estudo rompa as barreiras da escola e tenha uma formação para a vida, não para emprego. Quero que ele se forme num curso que lhe traga satisfação, não status social, pois só assim ele encontrará um emprego que lhe satisfaça e, consequentemente, será um excelente profissional na área que ELE escolheu. Se for de sua vontade, gostaria que ele constituísse uma família, mas não necessariamente. Prefiro que ele encontre uma pessoa que ele ame e que esse amor seja recíproco – “eterno enquanto dure”. Depois, se esse amor se acabar, que ele nunca desista de amar outras pessoas e continue sempre buscando a sua felicidade. Se ele quiser me dar netos, que seja. Mas que os crie como eu o criei, para que sejam livres pensadores e não homens oprimidos. Quero que ele nunca pare de sonhar – e que seja mesmo utópico, porque é o sonho e a utopia que movem a vida. Que ele prefira andar a pé, para não poluir o ambiente, para ser mais saudável e para ver o mundo à sua volta (coisa que não vai poder fazer se estiver ao volante). Que ele tenha mais amigos reais que virtuais. E que ele goste de livros, tanto quanto eu. Porque o livro liberta nosso pensamento.

 

Então, se você quiser “perverter” uma criança – no bom sentido, claro -, tornando-o verdadeiramente livre das amarras do pensamento da sociedade comum, dê bons livros a ela! Ensine o prazer da leitura e você estará ensinando pra ele o verdadeiro sentido da vida: a liberdade de consciência…

 

E eu uso o termo perversão propositalmente, justamente porque, hoje, os valores do mundo estão tão mudados que, ou você é um alienado comportado e conformado ao sistema ou você é visto como sendo um libertário, um libertino, um verdadeiro pervertido das idéias.

Anúncios

Um comentário sobre “Como perverter crianças

  1. O título me assustou, mas é claro que só podia se tratar de um texto lúcido, sem nenhuma loucura moral. Coisa de jornalista “per vertio”… : )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s